Foto Reprodução – Agilize
O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é conhecido por ser uma garantia financeira para trabalhadores em casos de demissão sem justa causa.Empréstimo FGTS: uma opção simples e fácil para quem está negativado


No entanto, muitos desconhecem que é possível utilizar o empréstimo FGTS como uma alternativa emergencial para acessar parte dos recursos disponíveis em sua conta. Entenda o funcionamento do empréstimo FGTS, suas regras e condições, bem como destacar quem pode solicitá-lo.

Entenda o funcionamento dessa modalidade de crédito
Contudo, o empréstimo relacionado ao Fundo de Garantia é a antecipação das parcelas disponíveis no saque-aniversário. Esse saque-aniversário é uma opção alternativa ao saque-rescisão tradicional, onde o trabalhador deve escolher entre um dos dois métodos para acessar seus recursos do Fundo de Garantia.

Desse modo, aqueles que optam pelo saque-aniversário têm o direito de receber uma parcela anual do saldo acumulado em sua conta, sempre no mês de seu aniversário, variando de 5% a 50% do total acumulado.

No entanto, por meio do empréstimo FGTS, o cidadão pode sacar de 3 a 10 parcelas de uma só vez, em vez de esperar de 3 a 10 anos para o resgate integral. Desse modo, o pagamento do empréstimo FGTS é feito através do débito na conta do Fundo de Garantia, equivalente ao valor da parcela. Esse desconto é realizado anualmente, como se o banco recebesse a parcela do saque-aniversário em nome do trabalhador, funcionando, portanto, como um tipo de empréstimo consignado.

Regras do empréstimo FGTS
As regras específicas para o empréstimo FGTS variam de acordo com o banco escolhido pelo cidadão para solicitar a antecipação de parcelas. Assim, cada instituição financeira determina o número máximo de parcelas que podem ser antecipadas, as taxas de juros e as condições de liberação. Uma das grandes vantagens deste sistema é que mesmo quem possui o CPF restrito tem o direito de solicitar o empréstimo, pois ele funciona como um empréstimo consignado, garantindo o pagamento da dívida com base no saldo disponível na conta do FGTS.

Quem pode solicitar o empréstimo FGTS?
Em suma, para solicitar o empréstimo FGTS, é necessário atender a certos critérios:

Ter mais de 18 anos de idade.
Bem como, ter optado pelo saque-aniversário do FGTS.
Possuir saldo na conta que seja maior que o valor mínimo exigido.
Não estar com a conta bloqueada devido a outros empréstimos.
Condições para solicitar o empréstimo FGTS
A solicitação do empréstimo FGTS pode ser feita diretamente através do aplicativo do FGTS, onde o trabalhador deve:

Concordar com os termos do empréstimo no aplicativo do FGTS.
Escolher qual banco poderá antecipar as parcelas do saque-aniversário no aplicativo do FGTS.
Estar disposto a manter o saldo do Fundo de Garantia bloqueado até que o pagamento do empréstimo seja concluído.

vantagens e desvantagens dessa opção de empréstimo
Antes de optar pelo empréstimo FGTS, é importante considerar cuidadosamente suas vantagens e desvantagens:


Vantagens
O dinheiro é disponibilizado em até um dia e pode ser usado para situações de emergência.
O pedido do empréstimo pode ser feito online, sem a necessidade de comparecer a uma agência bancária.
Não há a necessidade de pagamento direto do empréstimo, pois o desconto da parcela é realizado diretamente na conta do FGTS.
O pagamento é efetuado por meio do débito anual das parcelas.
Mesmo aqueles com restrições no CPF podem solicitar o empréstimo.

Desvantagens
O saldo total do Fundo de Garantia fica bloqueado durante o período do empréstimo.
A quantia disponível para demissão, aposentadoria ou em casos de doenças graves será reduzida.
É necessário aguardar 24 meses após a mudança para a modalidade de saque-rescisão para resgatar o valor integral acumulado no fundo.
Para solicitar o empréstimo FGTS na Caixa Econômica Federal, acesse o site ou o app oficial da instituição. É importante destacar que diversas outras instituições financeiras oferecem essa modalidade de crédito.